Novo Mercado

Em 13 de Dezembro de 2006, a São Carlos migrou para o Novo Mercado, segmento de listagem mais elevado em governança corporativa da BM&FBovespa. Criado no ano 2000, este segmento especial de negociação requer o comprometimento com as melhores práticas de governança, visando criar um ambiente de negociação com equidade de direitos concedidos aos acionistas e de transparência na prestação de informações pelas companhias.

Entre os compromissos voluntários assumidos com o mercado de capitais, destacam-se entre outros:

  • O capital deve ser composto exclusivamente por ações ordinárias com direito a voto
  • No caso de venda do controle, todos os acionistas têm direito a vender suas ações pelo mesmo preço (tag along de 100%)
  • Em caso de deslistagem ou cancelamento do contrato com a BM&FBOVESPA, a empresa deverá fazer oferta pública para recomprar as ações de todos os acionistas no mínimo pelo valor econômico
  • O Conselho de Administração deve ser composto por no mínimo cinco membros, sendo 20% dos conselheiros independentes e o mandato máximo de dois anos
  • A companhia também se compromete a manter no mínimo 25% das ações em circulação (free float)
  • Divulgação de dados financeiros mais completos, incluindo relatórios trimestrais com demonstração de fluxo de caixa e relatórios consolidados revisados por um auditor independente
  • A empresa deverá disponibilizar relatórios financeiros anuais em um padrão internacionalmente aceito
  • Necessidade de divulgar mensalmente as negociações com valores mobiliários da companhia pelos diretores, executivos e acionistas controladores.

Clique aqui para acessar as regras do Novo Mercado no website da BM&FBovespa

Enviar a um Amigo